Ecoando o amor além fronteiras

Nossa Senhora nos toma pela mao, e nos ajuda a caminhar!

08 AGO 2017
08 de Agosto de 2017
Mes de agosto, mes de tantas celebracoes. Sempre trazemos aqui em cada mes, as celebracoes que a liturgia nos traz de Nossa Senhora.

Dia 15 de agosto temos a festa da Assuncao de Nossa Senhora, um dogma da nossa igreja, proclamado solenimente por Pio XII, no ano de 1950. Na igreja do Japao a festa eh celebrada no dia 15 mesmo, no Brasil o calendario lirturgico eh transferido para o proximo domingo, este ano entao, dia 20 de agosto.

A Sagrada Tradição da Igreja ensina que Nossa Senhora foi elevada ao céu de corpo e alma, após sua morte. Esta festa, este dogma, nos traz ao coracao a certeza, de que Maria nossa mae, nao foi uma mulher qualquer, foi uma mulher escolhida por Deus, e merece todo nosso respeito e carinho.

Dia 22 de agosto temos a festividade de Nossa Senhora Rainha. Paralela à de Cristo Rei, foi instituída por Pio XII em 1955. No inicio era celebrada em maio, depois transferida para mes de agosto, proximo a festa da Assuncao. Do ponto de vista humano é difícil atribuir a Maria a função de dominadora, ela que se proclamou a serva do Senhor e passou toda a sua vida no mais humilde escondimento. Maria é rainha porque é Mãe de Cristo, o Rei. É rainha porque excede todas as criaturas em santidade!Por isso a Igreja convida os fiéis a invocá-la não só com o doce nome de mãe, mas também com aquele reverente de rainha, como no céu a saúdam com felicidade e amor os anjos, os patriarcas, os profetas, os apóstolos, os mártires, os confessores, as virgens. Maria foi coroada com o dúplice diadema de virgindade e de maternidade divina.

A igreja no brasil tambem dedica o mes de agosto para rezar pelas vocacoes. Como nossa igreja precisa de vocacoes, precisa de fieis que vivam santamente sua vocacao, seu chamado, que nao e so chamado ao sacerdocio, mas tambem o chamado para ser familia, o chamado para ser religioso(a), o chamado para ser catequista, um leigo que viva ardentemente seu batismo, anunciando o reino de Deus.

Nossa Senhora tambem teve um chamado, um grande chamado. Como podemos aprender com Maria, a atender o chamado de Deus. Eu creio que um ponto decisivo para atendermos um chamado de Deus, e a renuncia de nossas proprias vontades. Renunciar as nossas proprias vontades parece ser tao penoso aos olhos humanos. Mas para mim, o grande segredo e ter a certeza de onde Deus me chama a estar. Tendo esta certeza, de que e Deus quem me chama, Ele me sustenta no caminho. 

Voce eh um catequista? Se voce tem a certeza no coracao e nos fatos, que Deus te chamou para isso, mesmo que venha as divergencias, esta certeza te impulsiona a seguir em frente e nao desistir de servir a Deus. Se voce foi chamado a construir uma familia, este sacramento foi selado por Deus, Ele tem que ser o alicerce da sua casa, e vai te ajudar a enfrentar os desafios de cada dia, sem desistir da sua familia. E assim por diante em cada vocacao.

Quantos motivos nao teve Nossa Senhora para desistir aos olhos humanos? Mas eis a questao: Maria nao tinha uma visao humana, e sim uma visao espiritual! Inclusive dos espinhos e sofrementos que teria que enfrentar. A cada passo Maria foi descobrindo que seu sim, contribuia para salvacao da humanidade, mas tambem seu sim a levava a passar pela dor do calvario com Jesus. Mas tenho certeza que, em nunhum momento Maria quis desitir! 

Meu irmao e minha irma, voce tambem nao pode desistir de fazer a vontade de Deus em sua vida. E Maria, nossa mae, ela que atendeu ao chamado de Deus na sua vida, vai te ajudar e me ajudar, a dizer a cada dia esta palavra que conhecemos e buscamos tanto viver: Eis aqui a serva do Senhor, faca-se em mim segundo a tuda palavra!

Que Deus te abencoe sempre!
Nossa Senhora da Assuncao, 
Nossa Senhora Rainha,
rogai por nos!

Abraco fraterno,
Francelise - Voz do Peregrino.

*desculpe-nos pela falta dos acentos devido ao teclado no formato em japones, em breve poderemos corrigir a escrita!
Voltar

Ecoando o amor, além fronteiras!

Diocese de Saitama - Japão